• Mastoplastia Redutora

As mamas muito grandes, além do aspecto estético, podem ocasionar problemas de postura e dor na região dorsal ( costas) coluna e pescoço, além de trazer desconforto e limitações durante exercícios físicos. A mamoplastia redutora é um procedimento comum na cirurgia plástica, que visa reposicionar e reduzir o tamanho das mamas para melhorar o aspecto estético e funcional.

Indicação

Indicada principalmente na correção de mamas grandes, hipertrofiadas ou assimétricas. A mastoplastia redutora também é a melhor opção nos casos em que o tecido mamário e a pele perderam sua elasticidade devido a gravidez, amamentação ou perda de peso. Neste caso seria a mastopexia( reposicionamento e remodelação das mamas sem retirada de tecido mamário).

Procedimento

O cirurgião irá avaliar cada caso e elaborar um planejamento pré-operatório preciso, apresentando à paciente as possibilidades de modificações e os resultados esperados. Durante a cirurgia, os excessos de pele, tecido glandular e gorduroso serão removidos. Um novo formato dos seios é atingido após a remodelagem dos mesmos.  A a  anestesia pode ser peridural ou  geral. A internação de 24h ou alta hospitalar no mesmo dia a depender de cada caso .

O tamanho das cicatrizes está diretamente ligado à quantidade de pele e  tecido a ser removido. A paciente, que deve seguir as indicações pós-operatórias para garantir um resultado satisfatório

Resultados

É essencial o uso de um sutiã especial durante 8 a 12 semanas para ajudar a modelar o novo seio e reduzir a pressão nas novas cicatrizes. A flacidez e a forma da mama serão corrigidas. Apesar do resultado imediato , geralmente ser muito bom, somente entre o 6º e o 12º mês é que as mamas atingirão sua forma definitiva. Quanto a preservação do resultado, ele irá se manter por muito tempo desde que não ocorra alteração excessiva de peso, seja por motivo de gestação ou qualquer outro.

FAQ

ONDE SE LOCALIZAM E COMO FICARÃO AS MINHAS CICATRIZES?

As cicatrizes têm diferentes formas e tamanhos: L, vertical ou periareolar e a mais comumente realizada para reduzir a mama é a em “T” invertido. As cicatrizes nunca irão desaparecer, mas com o tempo elas podem ficar com ótima qualidade ( pouco perceptíveis).

A GRAVIDEZ pode estragar O RESULTADO DA CIRURGIA PLÁSTICA?

Na maioria das vezes o prejuízo é muito pequeno porque com a redução cirúrgica a quantidade de glândula é menor, consequentemente o aumento do volume mamário também é menor. No entanto , pode ser necessária a realização de uma nova cirurgia.

QUANDO POSSO VOLTAR A TRABALHAR?

Depende do tipo de atividade profissional , normalmente pode ser em  torno de 2 a 3 semanas . Iniciar os exercícios físicos de leve intensidade  após 30 dias e liberdade para ginástica progressivamente após 60 dias.

É NECESSÁRIO O USO DE SOUTIEN ESPECIAL PÓS-OPERATÓRIO? SIM

É bastante recomendado, porém não obrigatório. Este tipo de soutien, é mais firme permitindo menos movimentação da mama e portanto sendo bem mais confortável para a paciente.Caso a paciente deseje pode utilizar outros modelos, desde que não possuam aro de ferro no seu bojo.

PODEREI AMAMENTAR OU ENGRAVIDAR APÓS A CIRURGIA?

Engravidar sim, amamentação pode sofrer interferência a depender da técnica utilizada e das características da mama anteriores a cirurgia .. Algumas pacientes não conseguem amamentar após este tipo de procedimento.

Contatos:

Rua Vergueiro, 3558 – 3º andar – cj. 304 – Vila Mariana

Whatsapp: (011) 94052-7154‬