• Mastoplastia de Aumento

A Mastoplastia de Aumento ( inclusão de prótese de silicone ) é um dos procedimentos mais realizados da cirurgia plástica. O aumento das mamas por meio da utilização de prótese de silicone que devem possuir certificado de qualidade emitido pela ANVISA e liberadas pelo Ministério da Saúde.

Indicação

Mulheres que estão insatisfeitas com o tamanho das mamas ou que apresentam assimetria mamária ( diferença de tamanho entre as mamas) e desejam melhorar o caráter estético das mamas.

Procedimento

A definição do tamanho e modelo da prótese é baseada em diversos fatores, que variam  com a estrutura corporal de cada pessoa, como a distância entre os ombros, o tamanho natural dos seios, a altura da paciente , as medidas do tórax e as expectativas da paciente. O cirurgião irá avaliar cada caso e fazer  um planejamento pré-operatório preciso, apresentando à paciente as possibilidades de modificações e os resultados esperados. O aumento do volume das mamas é observado desde o pós operatório imediato.. Geralmente utiliza-se a anestesia local e sedação , peridural ou  geral, pode durar em média  90 minutos.  A alta é precoce e cerca de 6h após  o procedimento cirúrgico.

Assim como no pós-operatório de redução das mamas, a paciente deve evitar elevar os braços e dormir de barriga para baixo durante o período de 4 a 6 semanas. É essencial o uso de um sutiã especial durante 3 semanas ajudar a modelar o novo seio e reduzir a pressão nas novas cicatrizes. Também é recomendável não se expor ao sol e a altas temperaturas. No pós operatório inicial devemos  evitar molhar o curativo e retornar ao consultório na data e hora marcadas. Essas medidas simples promovem uma melhor cicatrização e reduz a tensão nas suturas. A retirada dos pontos pode ser feita entre o 7º e o 10º dia após a cirurgia. Na maioria das vezes utilizamos fios absorvíveis e sutura intradérmica ( “ colagem”) sem a necessidade de retirada de pontos.

FAQ

A CIRURGIA DEIXA CICATRIZES?

Toda cirurgia deixa cicatriz. É preciso sempre o cuidado de através de técnicas de sutura e de material cirúrgico de qualidade, oferecer à paciente a cicatriz mais discreta possível.Os cuidados no pós operatório ajudam na manutenção da cicatriz de boa qualidade.

EM QUANTO TEMPO ATINGIREI O RESULTADO DEFINITIVO?

Apesar do resultado imediato ser muito bom, somente a partir do 3.º mês é que as mamas atingirão a sua forma definitiva. Normalmente nas primeiras 2 semanas o volume mamário é muito maior que o definitivo . Muitas pacientes acostumam com o volume das mamas edemaciadas e ao atingir o resultado definitivo acham que a mama está pequena.

PODEREI AMAMENTAR?

Sim, a colocação da prótese mamária não interfere na  amamentação. No entanto, a incisão na região do sulco inframamário  é mais indicada nestes casos .Converse com o seu médico.

COMO ESCOLHER O TAMANHO DAS PRÓTESES?

Temos que analisar diversos fatores como o tamanho da paciente, o tamanho do tórax, a quantidade de pele e de tecido mamário pré-existentes, a elasticidade da pele, sendo alguns deles subjetivos como o que a paciente deseja com esta cirurgia. A responsabilidade pela escolha do tamanho da prótese é da paciente, que aceita ou não a sugestão do médico. A prótese colocada será uma escolha dividida entre o médico e a paciente.

A PRÓTESE É SUBMUSCULAR OU SUBGLANDULAR?

O plano de colocação da prótese depende se uma série de critérios médicos e da conversa com a paciente sobre seu desejo estético. O plano subglandular é de mais fácil colocação , pós operatório menos doloroso . No entanto , a depender do tamanho da prótese existe uma tendência maior a ter estrias e a prótese ficaria com aspecto mais artificial

O plano submuscular está mais indicado nas pacientes que tem uma quantidade muito pequena de glândula , que possuem histórico de doença mamária( cistos ou nódulos que necessitam punção frequentemente), que tem uma tendência maior para estrias . O aspecto estético é de uma mama mais natural. O pós operatório é bem  mais doloroso  e pouco recomendado em atletas .

QUEM TEM IMPLANTES DE SILICONE PODE FAZER MAMOGRAFIAS?

Sim, da mesma forma que as mulheres sem implantes, apenas devendo informar o radiologista para se obter as melhores visualizações possíveis do tecido mamário (técnica de Ecklund).

PODE HAVER REJEIÇÃO DAS PRÓTESES?

O índice de contratura capsular (“rejeição”) está cada vez menor ( menor que 3%) . No entanto , pode acontecer e conduta habitualmente é a troca da prótese e mudança do plano anatômica ( troca de subglandular para submuscular , por exemplo).

EM QUANTO TEMPO VOU PRECISAR TROCAR AS PRÓTESES?

Com a tecnologia das prótese atuais não existe um tempo determinado nem uma obrigatoriedade da troca das próteses. A indicação da troca é realizada em casos específicos se houver problemas com a prótese ou sintomas do paciente . Coisas raras de acontecer.