DÚVIDAS PRÉ OPERATÓRIO

  • Alimentação adequada: a cicatrização, facilidade de recuperação e resultado da cirurgia são influenciados diretamente pelo estado nutricional. É importante iniciar a alimentação correta algumas semanas antes do procedimento.
  • Parar de fumar. O cigarro piora a circulação, diminui a oxigenação e aumenta as chances de trombose e embolia pulmonar. Além disso, afeta o pulmão que atrapalha as trocas gasosas e eleva o risco de infecção pulmonar no pós operatório;
  • Atenção aos contraceptivos hormonais. Principalmente nas cirurgias do contorno corporal e naquelas de maior duração, o risco de trombose venosa (coágulo nas veias) e embolia pulmonar (quando este coágulo é deslocado para o pulmão ). Converse com seu médico e busque uma alternativa;
  • Não usar substâncias que afetem a coagulação;
  • Algumas medicações que contenham o AAS (Ácido Acetil Salicílico, como Aspirina, Melhoral, Bufferin, Doril e outros) prejudicam o sistema de coagulação (altera adesividade das plaquetas) e podem provocar sangramentos excessivos e hematomas (acúmulo de sangue). Algumas substâncias “naturais” como Ginkgo Biloba, alguns alimentos ricos em salicilato (gengibre, curry, açafrão, orégano e menta). Portanto informe e tire as dúvidas com seu médico;
  • Composição corporal adequada: Tanto o sobrepeso e obesidade quanto o baixo peso são ruins para a cicatrização, para os procedimentos anestésicos, recuperação e resultados estéticos. Veja se está com o peso ideal;
  • Evitar exposição solar: afeta a hidratação da pele e pode causar lesões que interfiram na cicatrização;
  • Evitar medicamentos para perda de peso: são múltiplas ações maléficas. Alguns são diuréticos, outros podem elevar a pressão arterial, causar arritmia e infarto do miocárdio. Fale sobre isso com seu médico;
  • Se o paciente estiver com gripe, resfriado ou qualquer infecção o médico deve ser comunicado. Muitas vezes uma pequena lesão como acne (espinha) próxima ao local da cirurgia pode ser desastroso.