Prótese de silicone x câncer de mama: mitos e verdades que você precisa conhecer

O sonho de colocar uma prótese de silicone ronda a cabeça de muitas mulheres. Entretanto, ainda falta muita informação a este respeito, principalmente quando se trata da relação entre prótese de silicone e câncer de mama. No post de hoje, você fica por dentro dos mitos e verdades sobre este assunto. Confira!

Prótese de silicone causa câncer de mama?

A resposta é não. Se você realizar o procedimento junto a uma clínica especializada, com um médico formado, com CRM ativo e especialista na área, não há risco. O importante é que você se certifique de escolher uma clínica reconhecida para fazer o procedimento.O silicone medicinal é diferente do silicone industrial, não afetando sua saúde.

Prótese de silicone pode dificultar o diagnóstico de câncer de mama?

Neste caso, a resposta é sim. Uma pesquisa americana identificou que, de cada 100 mulheres com prótese de silicone nos seios e câncer de mama, 55% não conseguiram detectar a doença. No momento da mamografia, não foi possível identificar o tumor, devido ao bloqueio visual que a prótese provoca no exame.

Nos casos de câncer de mama em mulheres sem prótese de silicone, a dificuldade em identificar a doença caiu para 37%.

Quem tem prótese de silicone tem mais chances de ter câncer de mama?

Isso é mito. O câncer de mama é uma doença causada pela degeneração de células mamárias, que se proliferam de maneira rápida e desordenada, afetando a saúde da mulher. Inclusive, vale ressaltar que 1% dos casos de câncer de mama são detectados em homens, portanto, nada tem a ver com a colocação de prótese de silicone.

Prótese de silicone causa linfoma?

Estudos recentes detectaram que o uso de próteses texturizadas pode causar um tumor chamado linfoma anaplásico de células grandes, que afeta o sistema linfático. O problema se inicia no tecido que se forma em volta da prótese texturizada, ou seja, nos seios, expandindo-se até o sistema linfático. O diagnóstico só pôde ser percebido após a aparição de sintomas, como dor, inchaço e acúmulo de líquidos.

Prótese de silicone após câncer de mama melhora a qualidade de vida?

A autoestima é essencial para que qualquer mulher se sinta bem consigo mesma. Sendo assim, quem passa por uma mastectomia (retirada do seio), pode se beneficiar de implantes de silicone.

Como sabemos, os seios compõem uma parte importante do nosso corpo, estão diretamente ligados à libido e à sexualidade feminina. Nesse sentido, as mulheres que superaram um câncer de mama e fizeram o implante de silicone demonstraram recuperação mais rápida e uma vida plena e feliz.

Prótese de silicone antes ou depois de engravidar?

A prótese de silicone é colocada abaixo da glândula mamária, ou seja, não impede a produção de leite quando a mulher está grávida. Sendo assim, não há problema algum de colocar a prótese antes de engravidar.

Mitos e verdades solucionados? Então tome a sua decisão sem medos e seja feliz, com ou sem prótese de silicone!

Quer saber mais sobre esse procedimento? Clique aqui e marque uma avaliação